#SEGUNDACASA

Taça da Liga:
Uma História de Vitória

22 de Janeiro de 2019

A Taça da Liga está prestes a arrancar para mais uma edição. Este ano, FC Porto, Benfica, Sporting e Sporting de Braga vão lutar pelo título de ‘campeão de inverno’, mas a história desta competição começou em 2008 de forma improvável com o triunfo surpreendente do Vitória de Setúbal.

O clube do Bonfim, com uma longa tradição nas taças do futebol português, bateu o pé ao Sporting na final que decidiu a primeira edição e impôs a sua festa depois de superar com sucesso as grandes penalidades.

No Estádio do Bonfim restam desse dia o troféu e as memórias felizes partilhadas por Sandro, histórico capitão sadino, e Marco Tábuas, icónico guarda-redes do emblema do Sado durante onze temporadas. “Tenho 41 anos e não tinha visto o Vitória ganhar nada. Tínhamos uma equipa fantástica, com jogadores fantásticos, muitos formados no Vitória, e tenho a certeza que jogávamos bom futebol.”, afirmou o antigo médio ‘sadino’, hoje no papel de diretor desportivo do Vitória.

A visão desse dia marcante na vida do clube a nível futebolístico foi secundada por Marco Tábuas, que se despediu do Bonfim no final dessa época. “Foi ótimo para o clube, para a cidade e para aquele grupo de trabalho ter vencido a primeira Taça da Liga, frente ao Sporting, nesse ano. Já em 2005 tínhamos ganhado a Taça de Portugal e em 2006 fomos à final da Taça de Portugal. Vínhamos numa boa fase e, para mim, foi o culminar de uma carreira muito boa no Vitória”, explicou.

“Houve jogadores que, depois daquela época, conseguiram fazer carreiras muito brilhantes, conseguiram alcançar a Seleção Nacional”.

O desempenho dos jogadores do Vitória de Setúbal nessa época mudou a vida e o rumo de carreira para vários elementos, como o guarda-redes Eduardo, que viria a alcançar um lugar na elite da seleção portuguesa, ou o treinador Carlos Carvalhal, que depois disso viria a treinar o próprio Sporting e chegou à Premier League de Inglaterra. “Houve jogadores que, depois daquela época, conseguiram fazer carreiras muito brilhantes”, sublinhou o antigo capitão do Vitória, com Marco Tábuas a enfatizar o papel do treinador responsável por este feito: “Temos de dar mérito ao mister Carvalhal, porque fez um bom trabalho”.

Nas origens do sucesso desta Taça da Liga, onde o Vitória de Setúbal foi o primeiro a gravar o seu nome, é também grande a esperança de devolver ao clube o investimento realizado e o sonho de voltar ao regresso aos títulos.


BEMJOGADO

Os melhores momentos de CR7 por Portugal

OMISTER

Taça da Liga 2019

BEMJOGADO

Momentos Insólitos do Desporto